A Supremacia de Pizza Hut

by:

Restaurantes

Não se pode negar que a Pizza Hut, além de estar entre as maiores redes de pizzaria do mundo, teve um papel de suma importância em incentivar e popularizar o consumo de pizza. Este item caiu no gosto da maioria, tornando-se um hábito degustá-la a qualquer hora e em qualquer ocasião.

Pizza combina com quase tudo e esta rede conquistou seu público, não apenas pela simpatia dos funcionários mas também pelo sabor e qualidade do produto.   

O inicio da Pizza Hut se deu se forma inusitada: ao final da Segunda Guerra Mundial, onde os soldados comiam pizza em meio as batalhas, imigrantes italianos começaram a abrir diversas pizzarias nos Estados Unidos.

Vendo esta explosão de mercado, os irmãos Frank e Dan Camey resolveram abrir o primeiro restaurante da Pizza Hut no ano de 1958 em Wichita, Kansas. Como não possuíam nem dinheiro e nem experiência para o negócio, pegaram US$ 600  emprestados para comprar equipamentos usados e contrataram um rapaz que já tinha experiencia como pizzaiolo e seguiram com os planos.  

A escolha do nome do empreendimento se deu de maneira curiosa. A primeira loja foi inaugurada em um prédio onde o telhado se parecia com um telhado de uma cabana e o letreiro só comportava oito letras. Diante da situação, a esposa de um dos fundadores deu a ideia de colocar a palavra “Hut” que, traduzindo para o português, significa cabana.

O restaurante era tão pequeno que apenas 25 podiam sentar nas mesas, mas ainda sim, a noite de inauguração foi um sucesso. A estratégia de marketing também foi muito moderna: pizzas foram servidas gratuitamente por toda noite.

A aceitação do público foi surpreendente, superando todas as expectativas. A segunda loja foi aberta apenas cinco meses depois, resultando que após um ano, já haviam três unidades da Pizza Hut.

A marca busca trazer um conceito diferente dos tradicionais fast food, pois objeta proporcionar comida de altíssima qualidade, saborosa, sempre fresca e com preço adequado. Além disso, todos os funcionários são repetidamente treinados a fim de manter um padrão elevado de qualidade no atendimento.

Para a empresa melhorar seus padrões ainda mais, ela resolveu adotar o que chamam de CHAMPS (que é uma sigla para casa limpa, hospitalidade, assertividade, manutenção, produto e serviço). O CHAMPS vai além de ser uma mera avaliação, é uma cultura que abraça a todos, dos empresários aos atendentes, prezando pela satisfação do cliente. A Pizza Hut ainda utiliza esse modelo e parece que a empresa se encontrou nele.

Sobre os sabores, uma das mais conhecida e tradicionais pizzas de massa fina (chamada pelos americanos de Thin N Crispy Pizza ) é inspirada na primeira pizza vendida pela Pizza Hut em 1958, sua característica é possuir a massa fina e crocante, sendo assada de maneira uniforme, realçando sabor do recheio escolhido.

A rede oferta uma variedade significativa de pizzas, com diversas opções de massas e bordas, além de combinação de sabores que visam respeitar a cultura e a preferência da região onde se encontra. Como exemplo, tem-se a inauguração do restaurante do Suriname, onde foi feita uma adaptação ao mix existente das crenças hindus, muçulmanas e católicas e suas particularidades alimentares e por isso foi criada a pizza de pepperoni de peru.

Já os asiáticos saboreiam pizzas com recheios de frutos do mar. No Brasil, o catupiry, o requeijão e a calabresa são certos e foram implementados no cardápio.

As inovações da marca são constantes, em 2014 eles conseguiram aumentar o menu do mercado americano, onde as opções dobram e ainda abriram a possibilidade da personalização das pizzas pelos clientes.

O modelo Pizza Hut é um modelo mais tradicional, um lugar aconchegante que reune a família de forma confortável, porém a marca expandiu para também uma outra opção, a Pizza Hut Express, que são restaurantes menores e com um menu mais enxuto. Eles estão em sua maioria em shoppings e aeroportos.

Porém não para por ai, Pizza Hut também tem a Pizza Hut Italian Bistrô, que vende além das pizzas tradicionais, massas, sanduíches e entradas mais refinadas em um ambiente mais formal mas, ao mesmo tempo, aconchegante.

Atualmente a rede é administrada pela empresa americana Yum! Brands, que também é responsável por marcas como Taco Bell e KFC, possuindo mais de 15600 unidades, sendo que 7000 estão localizadas nos Estados Unidos.

Presente em mais de 90 países, vendem o equivalente a 12 milhões de pizza diariamente, sendo mais de 5 milhões de clientes. A China, por exemplo, possui mais de 1500 restaurantes em 350 cidades e o restaurante que mais vende no mundo é o que se localiza em Paris, logo após vem  Hong Kong e depois Moscou.

No cenário brasileiro, a unidade de maior venda está no Shopping Center Norte, em São Paulo, que ocupa o segundo lugar em maior capacidade no mundo. Dos aeroportos, a maior unidade (considerando as montadas nos aeroportos) é a do Aeroporto Internacional de Cumbica, em São Paulo, que vende mais de 35 mil pizzas por mês. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *